diario de viagemdicas de viagemroteiro de viagemRoteirosTailândia

Tudo sobre minha viagem para a Tailândia: roteiro, hospedagem, custos, transporte, etc…

01 maio, 2018 / por / 0 comentários

Eu sempre tive vontade de conhecer  a Tailândia mas era algo que não acontecia, ou porque era longe para encaixar em um feriado prolongado ou porque financeiramente eu ainda não tinha como. Mas foi em uma oportunidade que a vida me trouxe de passar um mês na Asia que eu juntei cada centavo, planejei cada destino e consegui incluir a Tailândia no meu roteiro! Ficou apertado mas acho que valeu super a pena e não poderia deixar de dividir com vocês tudo que aprendi com essa viagem! Mas não se esqueça que lá no canal eu vloguei toda as minhas aventuras por 3 cidades incríveis: Bangkok, Chiang Mai e Phuket. Para acompanhar, basta clicar AQUI!

Para mais dicas da Tailândia e da minha vida aqui em Nova York, meu instagram é @marthasachser , nosso grupo no Facebook é este AQUI! E não deixe de se inscrever no meu canal no YouTube  AQUI!  

Foto: Gabriela Oliveira

 

Idioma

Na Tailândia o idioma oficial é o Tailandês. Existem vários outros dialetos mas pra quem vai visitar as principais cidades turísticas, é o que você vai ouvir. Muitas pessoas falam inglês, principalmente quem trabalha na área de turismo e hotelaria, mas não é uma regra e passei alguns perrengues para me comunicar uma ou duas vezes.

 

Hospedagem

Eu fiquei em hotel em todas os lugares que visitei mas você também encontra albergues por todas as partes. De um modo geral a Tailândia é mais barata, então você encontra hotéis incríveis por um preço bem okay. Em Phuket por exemplo nos hospedamos no Proud Phuket (clique AQUI para ver preços). Em Chiang Mai no Akyra Manor (clique AQUI para reservar e ver mais) e em Bangkok no maravilhoso Sangri-la (clique AQUI para ver preços), a convite deles. Você pode conferir mais hotéis super bacanas neste link AQUI! Você pode também se hospedar em AirBnBs, clique AQUI para se castrar gratuitamente no Airbnb e receber até R$150 em crédito para sua primeira hospedagem em qualquer lugar do mundo!

 

Como planejar seu roteiro?

Eu acredito que a maioria das pessoas viajam para Bangkok e de lá vão para outras cidades e ilhas. Muita gente diz que Bangkok não merece mais do que 3 dias mas honestamente? Eu curti bastante apesar do calor intenso. Gostei de todo o contraste e lugares que conheci e ficaria até 5 dias se deixasse, combinando talvez com uma viagem de um dia para Ayutthaya. O roteiro vai depender do que você quer ver, mas segue o que eu sugiro para as cidades onde passei e algumas que gostaria de ter ido:

Bangkok: 2 a 4 dias

Ayutthaya: 1 dia

Chiang Mai: 2 a 5 dias (clique AQUI para ver o que fazer em Chiang Mai)

Chiang Rai: 1 a 2 dias 

Phuket e outras ilhas e cidades: 2 a 4 dias em cada, dependendo do que você quer ver e fazer. Recomendo pesquisar por destino e ver qual você tem mais interesse. Alguns dos outros destinos mais procurados da Tailândia são Ko Samui, Krabi e Phi Phi Islands.

 

Visto

Brasileiros não precisam de visto para a Tailândia para visitar o país por um período de até 90 dias. Você precisa ter um passaporte válido com até 6 meses depois da data de chegada na Tailândia e é recomendado pelo menos 2 páginas livres para carimbos de entrada e saída.

É necessário também ter prova de que você vai sair do país e podem pedir que você mostre que tem fundos financeiros suficientes para se manter por lá. Quando eu fui me pediram e eu só tinha cartão de crédito (recomendo sempre levar) e pouco dinheiro em espécie mas foi tudo bem.

Foto: Gabriela Oliveira

 

Vacinação

Brasileiros e outras nacionalidades precisam estar com a vacinação em dia para entrar na Tailândia. O certificado de febre amarela é obrigatório e existe um controle rigoroso na chegada, você precisa primeiro se apresentar no departamento de saúde para mostrar seu cartão de vacinação internacional antes de passar pela imigração. Saia do avião e pergunte onde fica o health inspection ou algo assim, para evitar ir pra fila e ter que sair depois para resolver isso. Saiba mais AQUI!

 

Comida e gastos com alimentação

Uma das maravilhas da Tailândia é o valor da alimentação. Você consegue comer super bem gastando bem pouco. Alguns restaurantes na cidade e em shoppings tem um preço bem similar mas ainda sim bem menor do que vejo nos EUA, você encontra bastante coisa entre 170-340 THB. Mas pode ser mais caro caso sejam restaurantes renomados ou dentro de alguns hotéis. Agora comida de rua tradicional tailandesa é super barata, coisa de  20 THB, mas uma média para se planejar é de 35 – 50 THB por refeição.

 

Gastos com transporte:

Transporte aéreo de uma cidade para outra varia de preço de acordo com a antecedência com a qual você irá comprar. Para todos os tipos de transporte (aéreo, ferroviário ou rodoviário) por essa região da Ásia, recomendo utilizar este site AQUI, onde comprei minha passagem de trem por um preço bem legal.

O metrô em Bangkok funciona super bem e te leva para vários pontos de interesse da cidade. Usei bastante e custa cerca de entre 15-50 THB por trecho. Táxis variam, mas uma média é de 60-100 THB. Pergunte antes se o motorista usa o velocímetro, porque eles tendem a querer tirar vantagem no preço e não utilizar a ferramenta. Tuk-Tuks apesar de super populares não são tão baratos quanto a gente espera e podem custar entre 100-250THB por corrida. O trem noturno para Chiang Mai custou cerca de U$55.00 e eu comprei por este site AQUI!

 

Experiências

OK, aqui é que a coisa pode ficar mais cara! Por isso quero reforçar que você não precisa fazer atividades pagas para se divertir ao máximo na Tailândia ou vale lembrar que existem alternativas pra quem quer economizar, como utilizar transporte público por exemplo ao invés de tour privados. Agora experiências pagas que valem a pena fazer por lá: Passeios de barco pelas ilhas (fizemos em Phuket e compramos em uma agencia de turismo na frente do nosso hotel, ACHO que custou U$60 por pessoa com almoço incluído), visita a templos (não precisei pagar em quase nenhum que fui mas alguns cobram algo bem simbólico), visitar um santuário de elefantes (cerca de U$60-80 com almoço e transporte inclusos) e conhecer mercados flutuantes (você pode ir de transporte púbico mas é bem comum contratar o serviço de motorista e ao chegar no local pagar por um barco privativo, que custa bem mais caro, cerca de 1000THB, mas se quiser compartilhar, custava cerca de 150THB, bem mais em conta). Outra experiência bacana é fazer um ensaio fotográfico pelo Fotos Na Mala.

 

Como me locomovi na Tailândia

O legal da Tailândia é que lá tem de tudo: trem, ônibus, avião, táxis, barco, metrô… Você pode comprar praticamente todos os meios de transporte por este site AQUI! Após efetuar sua compra você recebe um e-mail com tudo certinho e foi super fácil. Mas vou explicar como eu fiz para cada destino:

Cheguei pelo aeroporto internacional de Bangkok. Fui de metrô para a cidade:

Por lá fiz tudo de metrô e de long-tail boat turístico, mas tem também o express boat river taxi. As passagens deste custam entre 10-20 por trecho e ele só funciona durante a semana. Ou você pode pegar o Blue Flag (Tourist Boat) que custava 40THB por trecho ou 100 THB pelo dia todo (ilimitado). Este barco tem funcionários que falam inglês, eles anunciam a próxima parada e perguntam se alguém vai descer, se ninguém pedir para parar, ele continua viagem. Outra coisa bacana é que eles vão explicando sobre os lugares mas confesso que não entendi muito bem e foquei na paisagem e no ventinho fresco!  Para distâncias curtas ou que o metrô não vá, recomendo táxis (ou Grab – aplicativo tipo Uber) ou pra quem quer algo bem tradicional, os famosos tuk-tuks, mas minha dica é negociar o preço antes, acontece MUITO de cobrarem o dobro ou mais por sermos turistas.  Para o aeroporto eu voltei de táxi, porque eu tinha dinheiro que não tinha usado e não queria perder com a conversão, não foi muito caro, coisa de U$20. Se você quiser saber mais sobre preços de transporte em Bangkok, clique AQUI

De Bangkok pra Chiang Mai:

Eu fui de overnigth train, o  famoso trem noturno. Comprei meu ticket de primeira classe por este site AQUI, super seguro, você compra online e retira seu bilhete perto da estação ferroviária. Cheguei até lá de metrô, direto do aeroporto. Custou cerca de U$55 por pessoa para a classe A. Optei pelo trem porque economizaria com hotel e achei que foi uma experiência bem diferente e bem mais barata do que de avião. Recomendo pegar uma cabine privativa, é muito mais confortável e tem ar condicionado. O banheiro fica no fora do quarto, no corredor. Eles servem comida tailandesa, mas você paga a parte. Não é nada muito incrível, recomendo comprar algum lanche antes de embarcar caso queira economizar e ter mais opções. Você pode comprar sua passagem de trem AQUI! E se quiser assistir a nossa aventura de trem, clique AQUI!

De Chiang Mai para Phuket:

Como ficam muito distantes, pegamos um vôo com conexão em Bangkok.

Em Phuket:

Ficamos um pouco longe do centro da cidade, optamos por ficar próximas ao aeroporto no Proud Phuket, um hotel lindo e com um preço bem legal! Se você quiser se locomover, recomendo pedir um táxi, alugar uma moto ou fazer passeios guiados onde o motorista te busca e te leva no ponto de saída para os tours, que foi o que fizemos.

De Phuket para Bangkok:

Pegamos um vôo também pela Bangkok Airways. Aliás, eles tem um lounge VIP para todos os passageiros, basta apresentar seu bilhete e você pode sentar, relaxar, usar wi-fi e comer e beber de tudo que eles servem lá. É simples mas super útil!

 

Quando ir para a Tailândia?

Em geral você pode visitar a Tailândia o ano todo, mas recomendo nos meses mais secos e frescos, entre Novembro e Abril. Eu fui no final de Abril e achei que fosse morrer de tanto calor. É bem úmido, principalmente em Bangkok. O clima também varia de região pra região, mas todo mundo que mora lá me disse para ir no final do ano até Abril para pegar temperaturas mais agradáveis. Fico imaginando o que seria agradável porque realmente achei que fosse morrer de calor em Bangkok em abril, a minha câmera chegava a embaçar e eu não conseguia nem fotografar de manhã haha

 

Quanto custa a passagem aérea?

Depende de onde você vai voar, mas de Nova York pra lá você encontra vôos entre U$450-850 na maior parte do ano podendo chegar a mais de U$1500 no final do ano. As companhias aéreas chinesas são uma da mais baratas para voar pra Ásia, só recomendo ficar de olho nas conexões para escolher a melhor pra você (ou tirar vantagem delas e conhecer um novo país). Entre as ilhas e cidades principais costuma ser algo entre U$60-U$90 por trecho, vale pesquisar e comprar com antecedência, eu não fiz isso e viajar de trem foi a melhor opção pelo custo também. Sempre compro minhas passagens e encontro preços bons pelo Priceline.com, pelo Booking.com e você consegue comprar também direto pela 12GoAsia (AQUI).

 

Internet e sinal de celular

Você encontra wi-fi em vários estabelecimentos. Se já quiser chegar conectado, você pode comprar seu chip para usar nos EUA e em mais de 140 países com desconto de 10% por este link AQUI! O link já é com desconto mas o valor final aparece com a diferença na hora de efetuar o pagamento. Se quiser comprar por lá, no aeroporto existem alguns quiosques vendendo perto da saída. Recomendo pesquisar bem o tipo de pacote que deseja para não precisar recarregar durante a viagem. Nas cidades você também encontra, mas recomendo comprar no aeroporto, achei mais fácil do que ficar procurando e pesquisando nas ruas. Se optar por comprar nas cidades, recomendo procurar uma loja das operadoras de celular local.

 

 

Para mais dicas da Tailândia e da minha vida aqui em Nova York, meu instagram é @marthasachser, nosso grupo de NY no Facebook é este AQUI! E não deixe de se inscrever no meu canal no YouTube  AQUI!   Bom, então é isso! Compartilhei com vocês tudo que me lembrava da Tailândia e espero poder ter ajudado a tornar sua viagem mais incrível! Se você gostou deste post, compartilhe com os amigos que sonham ir pra lá!

 

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário