Sem categoria

Pelo Mundo: A vida de uma Brasileira em Portugal!

08 jan, 2017 / por / 2 comentários

Ora pois, pois! Se você me acompanha no instagram (@marthasachser), este post não deve ser novidade. Eu adoro conhecer histórias de jovens brasileiros que colocaram suas vidas em uma mochila e se jogaram no mundo com sonhos e muita coragem na bagagem. Isso me faz lembrar sempre de que sonhos são possíveis e existem para serem realizados! Por isso hoje gostaria de compartilhar com vocês um pouco mais da história da Camila Aldrighi, autora do blog Maracujá Roxo.

unnamed (1)

Foto @zevitro

Camila deixou sua família e amigos no Brasil e embarcou com destino a Porto, em Portugal  para fazer mestrado em Design Gráfico e desde então passou a compartilhar não apenas sua vida como estudante por lá no blog Maracujá Roxo, que tem em parceria com uma amiga, como também dicas de viagem sobre todos os destinos do continente europeu por onde passa.  O blog aliás é super completo, recheado de informações e é  bem organizado, super recomendo a visita! A Camila foi um anjo que entrou na minha vida e tornou realidade um dos meus maiores sonhos, o de escrever um guia de Nova York (clique AQUI para baixar o seu), ela quem fez a diagramação e revisão das mais de 100 páginas de conteúdo do guia!

Curiosa como sou, fiz algumas perguntas para a Camila sobre a vida em Portugal para compartilhar com vocês mas para saber mais da trajetória dela até o velho continente, confira no blog (clique AQUI! )! 

Processed with VSCO with a6 preset

Qual a maior diferença entre Brasil e Portugal?
Em alguns aspectos eu esperava encontrar mais diferenças (como no calor humano) e em outros menos (como é o caso da língua), mas me surpreendi bastante com o estereótipo de europeu frio. Aqui no Porto eles são super queridos em geral, estão sempre dispostos a te ajudar a qualquer dificuldade e são quase brasileiros, só que “sem tanto açúcar”. Consomem muito mais a nossa cultura do que nós a deles, infelizmente. Fora isso, também percebi que a cidade é muito mais turística do que imaginava e suuuper antenada em novas tecnologias e redes sociais. Em Brasília, onde eu vivia, sentia muito cada um mais na sua, “por favor não me toque, não invada o meu espaço” e a cultura do concurso público estava realmente sufocando. Em cada 10 brasilienses, 11 parecem ser levados a esse caminho. Eu tentei pegar essa estrada, mas não me vi feliz.

Processed with VSCO with a6 preset

Qual a maior dificuldade que você passou longe de casa até agora?
Sem dúvidas os problemas com a dona do apartamento em que eu vivia. Era uma mulher louca, extremamente metódica e paranóica que vivia comigo e desconfiava do que eu fazia. Ao alugar o apartamento parecia a professorinha perfeita, preocupada e caridosa. Mas quando convivi, vi o lobo na pele de cordeiro. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa legal e organizada. Tentei durante meses me adequar, mas isso aparentemente estava me matando por dentro. O primeiro lugar que você escolhe depois de viver com os seus pais, na sua cabeça, é aquele lugar maravilhoso em que você vai sorrir até lavando a louça ou esfregando roupa no tanque, que vai dar festas e receber os amigos, né? Bom, nem sempre é assim e comigo não foi. Mas ainda há de ser, uma vez que me livrei dessa maluca. Oremos!
 FullSizeRender (84)
Qual a maior lição que você aprendeu morando fora do Brasil?
Que eu sou muuuito mais capaz do que eu acredito ser, principalmente para fazer as coisas sozinha. Eu antigamente me achava muito dependente dos outros. Fosse dos pais, irmão ou amigos, sabe? Mas descobri que não, que consigo resolver vários problemas pequenos e grandes sozinha. ÓBVIO que não é nada fácil se ver sozinha em algumas situações, mas superar esses desafios que aparecem e viver esse sentimento de “ter capacidade” realmente fazem a vida valer a pena.

Processed with VSCO with hb2 preset

Quais os seus planos para este ano?
Vou lançar, lá no blog, um e-book em breve de expressões portuguesas e como dizemos as mesmas coisas no Brasil, como uma espécie de dicionário. Está bem divertido e é uma forma diferente de ver a cidade – pela sua linguagem. E mais projetos virão: pretendo ainda entrar no ramo de fazer roteiros personalizados e alguns serviços! #VEMNIMIM2017! :))

Adorei conhecer mais sobre  Portugal e outros destino incríveis na Europa através do blog da Camila! Não deixem de seguir a Camila nas redes sociais, o instagram dela é @camilaaldrighi e do blog @maracujaroxo

 

Espero que gostem e para acompanhar mais da minha rotina aqui em Nova York, meu instagram é @marthasachser, meu Snapchat é marthanewyork e meu Youtube é esse AQUI!  E para comprar meu guia de Nova York, cliqueAQUI! 

 

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta para Silmara AldrighiCancelar resposta

2 Comentários

  • Silmara Aldrighi
    11 jan 2017

    Camila,
    Você bem sabe a luta passada para você realizar o sonho desse Mestrado no Porto. Essa longa experiência possibilitará a você a realização de muitas metas. Mesmo tão longe, você sabe que é muito amada por nós e por muitos amigos aqui no Brasil. Temos acompanhado cada passo seu nessa nova jornada. Estou e estarei sempre ao seu lado pra tudo que precisar nesta vida. As dificuldades que surgiram até agora foram enfrentadas com toda sua energia e você tem transformado essas pedras em pura areia, claro, a duras penas e grandes aprendizados de vida. Ainda bem que consegue enfrentar, ter forças e crenças suficientes para continuar lutando, enquanto a vida lhe oferece alguns bons momentos de inspiração, recarga de suas energias e alegrias novas. Aproveite ao máximo cada dia de sua vida e nunca perca a esperança. Você é uma pessoa muito inteligente, com alta capacidade criativa e que pensa sempre em ajudar a todos. Você tem um coração muito especial. Isso não é só opinião minha não, você sabe disso. Rezo e torço para que a oportunidade certa um dia chegue até você. Até lá e em toda a sua vida, que seja muuuuuito feliz! EU TE AMO DEMAIS! Mamis saudoooosa!!!

    Marta,
    Obrigada pelo reconhecimento desse trabalho. Nem todos fariam essa postagem. Obrigada por divulgar o trabalho da Camila. Também torço bastante pelo seu sucesso. Sei que também sua vida não foi fácil ao chegar aí, mas é aprendendo com esses obstáculos, às vezes tão profundos, que surgem as melhores oportunidades. Boa sorte. Um graaaaande abraço!

  • Cicinha Bezerra
    11 jan 2017

    Camila bela experienciavpara ser levada adiante. Vamos em frente… sucessos!!!