celebridadecelebritydicas de nova yorkentrevistainterview

Entrevista com a top Brasileira Barbara Fialho

23 abr, 2014 / por / 0 comentários
Interview with Brazilian top model Barbara Fialho 

Eram 6 da tarde em Paris. Por aqui, o sábado estava apenas começando, mas para Barbara Fialho, era mais um dia cheio de trabalhos que estava quase chegando ao fim. Com uma simpatia sem igual e uma agenda super agitada, a top model Brasileira que arraza por onde passa, parou tudo por alguns minutos e veio conversar comigo sobre sua vida, carreira, NY, nossa Minas Gerais e saudade, um sentimento que ela conhece bem.

      
               
São dez anos de profissão. No seu currículo  capas de revistas internacionais como ELLE, Marie Claire, Harper’s Bazaar, Numero, Nylon e L’Officiel. Já  desfilou para os designers que nos amamos, como Dior, Givenchy, John Galiano, Missoni,  Vivienne Westwood , Alexander Mcqueen e muitos outros. Ela também fez sua estréia no mundo da musica no video Bright Lights Bigger City ao lado do rapper Cee Lo Green e ganhou muito reconhecimento depois de fazer um editorial para uma revista inspirado nos filmes de Sophia Loren, o que lhe rendeu muitas entrevistas e participações em programas no Brasil também, como Domingão do Faustão e Altas Horas.  Por lá ela participa de campanhas e vários desfiles nas temporadas de moda e foi eleita o melhor corpo da temporada de Verão 2012, resultado de muita disciplina e hábitos saudáveis. Ufa! E não pára por ai, em 2012 ela fez sua primeira participação no Victoria’s Secret Fashion Show, recebendo inúmeros elogios do publico! Apesar do sucesso e correria, ela continua seguindo, sempre com uma simpatia e simplicidade sem igual! 

Por Martha Sachser

Quando ela atendeu o telefone, eu tive a confirmação do que me haviam dito:  Barbara é uma das pessoas mais simples e reais que já conheci. Mineira, ela é natural de Montes Claros e dona de um sotaque único que ressalta  ainda mais o amor  da jovem por suas raízes. “Adoro Minas Gerais, amo minha terra!” diz toda empolgada. Nesta jornada já há dez anos, ela saiu de casa  aos 15 anos e não parou mais. Atualmente dividindo sua vida entre Nova York e Paris, a modelo tem uma rotina agitada, porém normal, gosta de passear, receber os amigos em casa, de cozinhar, e se exercitar- e divide com a gente seu segredo para a boa forma!

MS- Barbara, você iniciou bem novinha como modelo, quais foram os desafios do começo?
BF-Acho que o mais difícil foi ficar longe da minha família. Por ser mineira também , você sabe como é! Eu sou muito ligada aos meus pais, sempre tinha muita gente em casa e como a gente fica muito tempo sozinha em hotel, aeroporto, dá muita saudade… Quando eu tinha 16 anos  isso era muito mais difícil. Então acredito que deixar os amigos  e a família foi o desafio maior.

Como você dribla essa saudade hoje?
Hoje em dia está fácil! Tem skype, facetime pelo telefone, é bem mais fácil pra minha família viajar também, minha mãe acabou de ir embora! Ela estava comigo aqui por uma   semana em Paris. Hoje tem como planejar as coisas com mais tempo, é mais fácil. E eu já me acostumei, são 10 anos de trabalho e  viagens.

Você divide seu tempo entre Paris e NY né
Sim, eu não posso viajar com muita mala e eu sinto muito frio nesta época! No inverno tem que levar casaco, cachecol, luva, essas coisas, saio perdendo tudo! Como não tem jeito de viajar com mala de mão so, então fica mais facil ter um cantinho aqui em Paris também.

E qual das duas cidades você gosta mais? Conseguiria escolher?
É importante porque são os dois mercados bons pra minha profissão. Eu prefiro Paris porque a qualidade de vida é melhor, comida por aqui é melhor… eu gosto muito de comer, de cozinhar, então pra mim eu prefiro morar aqui. Em Paris é mais  fácil de ir ao mercado, fazer comida, receber os amigos em casa. Em Nova York todo mundo está sempre ocupado o tempo inteiro!


O que você mais gosta de fazer em Paris?
Aqui gosto de caminhar, ir a museus, as pessoas são menos pretenciosas também, tem musica ao vivo em todo lugar, parece até um  pouco com a vida de Minas Gerais. Saio e encontro os amigos, tem vários barzinhos, é mais gostoso. E os lugares são lindos, tem tanta historia, eu gosto muito!

Falando de moda um pouco, como você define seu estilo? 
Básico, confortável, clássico?! Clássico! Eu gosto de roupas mais simples, não gosto muito de bordados.  Gosto de estampas mas nada  muito chamativo. Eu sou bastante alta, entao não me sinto a vontade se eu coloco uma coisa  que chame muito atenção. Como já faço muito isso pelo meu trabalho, no meu tempo livre, eu não me preocupo em ficar muito arrumada, gosto de peças mais confortáveis no dia-a-dia.  

Sandália, salto ou flat?
Sandália!

O que você mais gosta de fazer quando esta em Nova York?
Eu gosto de fazer coisas bem tranquilas, como ir ao cinema, adoro IMAX! Também curto shows, eventos musicais… Nova York é muito rica em música, tem muitos bares de jazz e eu adoro música!

Você disse que adora comer,  qual é o segredo para este corpo perfeito? 
Eu acho que é um pouco da minha mãe que sempre foi morena e magrela, sempre brinco dizendo que ela é meu certificado de garantia (risos)! Sempre se alimentou bem, então me deu uma boa referencia, eu como melhor, gosto de comer comida saudável. Não gosto muito de hambúrguer, batata frita, lógico que eu como também, se estou com amigos, não me privo. Mas não tenho vontade de comer, sabe? Gosto muito mesmo de comida fresca, gosto de massas, vegetais… Também pratico bastante exercício!

Fiquei sabendo que você adora pular corda!
Siiiim!! Sempre carrego comigo. Quando estou viajando e encontro um parque, eu me exercito. E como a gente carrega muito peso e tem uma vida muito ativa nessa profissão, já fazemos um exercício constante, mais do que as pessoas imaginam. E pular corda é muito bom para as costas!

De Minas Gerais do que você sente mais falta?
Do calor! Haha Sempre saía de casa de shortinho, uma camiseta, acho tão bom isso, não ter que ficar sempre preocupada em carregar casaco, luva, cachecol,  ter que ficar sempre perdendo as coisas por aí… haha Acho que o que mais sinto saudade é do clima e da minha mãe. Mãé mãe, né?

Você parece ser uma menina ligada a família mesmo.
Sim, venho de uma família bem unida, muita tia, muito tio, entao é muito bom, uma família grande te ensina também a se relacionar com as pessoas, a respeitar o momento de cada um. Isso ajuda muito no meu trabalho porque muitas  vezes eu trabalho com pessoas que não conheço, todo dia é novidade, então uma boa estrutura e família grande ajudam a me relacionar melhor, é mais fácil.

Em 2012 foi sua estreia no Victoria’s Secret Fashion Show! Como foi essa experiencia? 

Foi incrível. É diferente pelo valor que tem, até mesmo na cultura de TV, porque  temos o Super Bowl, aí vem a  noite do Oscar, e depois vem o Victoria’s Secret Show! É o terceiro programa mais assistido, então tem aquela responsabilidade, né? E é uma honra  enorme participar! Tem que dar o melhor de si, ser muito profissional, como em qualquer outro trabalho. Incrível mesmo, uma energia muito boa.

MS

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário