dicas de nova york

Por dentro do National Geographic Encounter na Times Square… Vale a pena?

17 out, 2017 / por / 0 comentários

No último final de semana fui conferir a nova experiência da Times Square: National Geographic Encounter. Eles investiram pesado em marketing e criaram toda uma antecipação para a grande estréia, então fiquei ansiosa para ir e não poderia deixar de visitar e compartilhar com vocês minha experiência.

Do que se trata: a proposta do Encounter é ótima, ao entrar você é transportado para o fundo do Oceano Pacífico para ver e de certa forma interagir com as criaturas mais incríveis que o habitam. Porém, com a grande diferença de que nenhuma deles é real. A experiência é toda tecnológica. Sim, baleias, tubarões brancos, leões marinhos e outros animais foram criados utilizando o melhor da tecnologia e prometem fazer você se sentir bem próxima a eles através de telas e o que parecem ser projeções, que quase passam a sensação de que você está no fundo do mar, porém, no coração da Times Square.

Criado por um time de artistas que já ganharam várias indicações de peso como Emmy, Oscar e Grammy, National Geographic Encounter é uma experiência inovadora em muitos pontos e que vai agradar principalmente as famílias com crianças em busca de uma fonte de entretenimento e de certa forma bem cultural. Ao comprar seu ticket você pode escolher o melhor horário, eu fui no grupo de 3 da tarde e não estava muito cheio. Me lembrou um pouco uma das atrações de parques temáticos, onde você espera na fila para entrar com um grupo e vai andando e vivendo experiência por experiência. Tem sempre um guia para garantir que todo mundo está na próxima atração, dar instruções e indicar a saída caso necessário.

O que esperar do National Geographic Encounter:

Como eu disse, é uma experiência que se compara a de estar dentro em um aquário ou em uma área VIP no fundo do mar, porém sem utilizar animais para entretenimento, o que eu sempre acho muito importante. É tudo muito bem feito e achei bem interessante a proposta, ficava me perguntando como eles conseguiram criar um espaço daqueles no coração da Times Square!

A parte do 3D e a do labirinto foram as minhas preferidas, acho que foi quando me desconectei de verdade do mundo exterior e me senti em um lugar longe da loucura da Times Square. Acho apenas que poderia ter durado um pouco mais até ou que tivessem adicionado mais experiências bacanas como essas durante o passeio. Também tinha uma parte rápida interativa, onde o leão marinho espelhava o meu movimento e fazia algumas acrobacias na tela. Achei fofo. Mas foram os únicos momentos mais “uau”, digamos assim. Todo o passeio durou cerca de 40-50 minutos. A última parte é um espaço interativo para você aprender ainda mais sobre cada animal que viu durante a experiência, saber mais sobre o fundo do mar e como cuidar dos oceanos. Tem alguns jogos que as crianças vão curtir. Outro ponto positivo é que parte das vendas dos ingressos são destinadas a ONG National Geographic Society’s que trabalha na conservação, exploração, pesquisa e educação (talvez por isso os tickets com um preço não muito atrativo?!)!

Acho que a Times Square estava meio saturada das mesmas coisas e com poucas experiências para crianças. Encounter com certeza provavelmente agradará mais as famílias viajando com os pequenos, pelo menos foi o que vi por lá, elas pareciam bem entretidas e se divertiam interagindo com os animais marinhos.

O que eu achei:

Precisei criar essa parte porque muita gente acompanhou a visita pelo meu Instagram Stories e me enviou mensagem perguntando o que eu realmente achei. E a verdade é que eu  não desgostei e nem gostei, achei a proposta bem bacana… Mas confesso que esperava um pouco mais, (sabe aquele fator “uau”??) principalmente se tratando de uma atração paga – e muito bem cobrada,  U$39.50 por adulto e U$32.50 por criança menor de 12 anos. Mas é tudo bem feito e um pouco fora do tradicional, então se você tem a grana pra gastar e não vai pesar no orçamento, aproveite, mas não vá com muitas expectativas. E sim, eu achei que foi um pouco caro para a experiência como um todo, principalmente se tratando de um nome de peso como a National Geographic, não dá pra esperar pouco. Na minha opinião o valor cobrado pela experiência oferecida não é algo que me faria voltar outra vez, mas não dá pra negar que é tudo bem feito e de certa forma bem interessante, acredito que seja o mais perto que eu chegaria de vários dos animais apresentados e aprendi coisas que não sabia sobre alguns deles. Como vocês podem ver, tirei várias fotos das partes onde era autorizado o uso de câmeras, espero que gostem! Se você ficou curioso e quiser saber mais sobre o Encounter, visite o site oficial AQUI!  Espero que gostem e para acompanhar mais da minha rotina aqui em Nova York, meu instagram é @marthasachser e meu Youtube é esse AQUI! 

 

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário