dicas de nova iorquedicas de nova yorkfotografiaRestaurantes

11 Dúvidas comuns sobre NY: custos, época do ano, roteiro, hospedagem, transporte e muito mais!

14 jul, 2017 / por / 0 comentários

Hello people!! Hoje vim responder algumas das dúvidas mais freqüentes que recebo de quem vem visitar Nova York pela primeira vez! Como moro aqui já há um quase uma década, vou compartilhar meu ponto de vista e tentar ajudá-los a programar a viagem com mais informação! Se tiverem mais alguma pergunta, entrem em contato comigo pelo meu instagram @marthasachser ou pelo meu grupo no Facebook AQUI!

statue-of-liberty

 

1-Quanto custa ir para Nova York?

Vai parecer muuuito clichê, mas literalmente o preço final vai depender da sua prioridade na viagem, da época que você vem e com quantas pessoas você vai dividir o custo da estadia, porque é o que mais encarece a viagem pra cá, além da passagem aérea. Mas vou deixar  uma média de preços pra vocês de algumas coisas básicas:

Hospedagem e como reservar:

Para pesquisar e reservar hotéis, eu recomendo sites de busca como o Booking.com, que é referência em todo o mundo. Mas existem vários outros. O bacana desses sites é que você pode ficar sempre testando datas, preços, lendo reviews e ir pesquisando no seu próprio tempo. É bacana ficar de olho também nas promoções relâmpago, tanto de passagem quanto de hospedagem!


Booking.com

Uma média de preços para hotéis mais simples em Manhattan é de U$150-350, dependendo da época. Existem sim opções para baratear este custo, como ficar em hotéis na região de Long Island City, no Queens, ou em algumas regiões do Brooklyn, onde a média da diária pode variar entre $120-$250, quanto mais longe de Manhattan, tende a ser mais barato.

Mas segue a lista de alguns dos hotéis mais procurados por Brasileiros em Manhattan pelo custo benefício:

 The Row, Wellington, Edison Hotel, Paramount,Yotel, Citizen M, Hilton Garden Times SquarePennsylvania, Belvedere, Hotel 31 e Pod 51 (com banheiro compartilhado ou privado!). Mas sempre leia os reviews de quem já se hospedou em qualquer hotel para auxiliar na hora de fazer a reserva com mais segurança!




Booking.com

Albergues e AirBnb

Se você curte, pode também optar por ficar hospedado em albergues/hostels, pode ser uma boa para poupar grana e fazer amizades. Os preços variam entre $35-$80 por pessoa. Um site que indico para pesquisar albergues e reservar é o www.hostels.com e o booking.com . Alguns dos hostels/albergues mais recomendados por amigos e leitores do blog em Manhattan são Jazz on Columbus Circle, Blue Moon, HI NYC Hostel, West Side YMCA, etc. E tem também a opção de ficar em Airbnb, onde você tem uma experiência mais local, fica na casa de pessoas, alugando um quarto ou todo o apartamento. Ah! Tenha em mente que é ilegal alugar apartamentos em prédios com mais de 3 unidades e por menos de 30 dias, ao menos que o proprietário do apartamento esteja presente durante sua estadia. Então fique de olho para não ter problemas depois. Ler os reviews de quem já se hospedou é fundamental na hora de escolher!

Outra dica valiosa é sempre colocar o endereço da hospedagem no Google Maps e ver a quantos blocos fica do metrô,  quanto mais perto da estação, mais fácil. Como a maioria das pessoas na primeira vez que vem para Nova York saem cedo e só voltam a noite para dormir, acho muito válido economizar em hospedagem com confiança! Ou seja: checar no google maps e ler reviews sempre!

Transporte em NY: metrô, a pé, táxi, uber?

Metrô ou táxi? Na minha opinião, o barato de Nova York é andar a pé, é grátis e você vê a cidade de verdade! Mas vários lugares podem ser longe um do outro para ir caminhando e como aqui o metrô é 24 horas e te leva pra todo canto, recomendo fazer uso dele, por ser rápido e eficiente. Parece complicado, mas não é e eu já ensinei a usar o sistema neste post AQUI. Calcule quanto você vai gastar de metrô e decida pelo cartão (metrocard) ilimitado de uma semana ou o passe por trecho. O ilimitado é de uso pessoal, não dá certo pra dividir com alguém porque é preciso esperar uma média de 20 minutos para poder usar de novo. Este custa $32 para sete dias enquanto o passe único  (por trecho) é $2.75. Ah! Quando você for utilizar pela primeira vez, existe uma taxa de $1.00 pelo cartão novo. O ilimitado também tem esta taxa única inicial de $1.00. Conheça mais sobre o metrô de Nova York no site oficial AQUI! Táxi não costuma ser caro, mas pegar todo dia sem pensar antes no trajeto que precisa fazer, pode encarecer sua viagem desnecessariamente. Não se esqueça de acrescentar ao valor total a tip (gorjeta), que vai de 15-25% para taxistas. Se você pensa em usar Uber ou Lyft pela primeira vez aqui, use meus códigos para receber desconto: Uber: marthas188 e Lyft: MARTHA351616

Alimentação:

Outra dúvida MUITO comum. Quanto custa comer em NY? Dá pra comer saudável? Sim, depende do que você gosta e faz questão, porque aqui tem de tudo, desde fatias de pizza de $1, até os restaurantes mais sofisticados! Tem muuuuita opção orgânica e muita junk food também! Sem contar que a cada esquina tem sempre uma farmácia ou mercadinho que vendem de tudo pra você estocar a bolsa e enganar a fome entre as refeições principais com comidinhas mais saudáveis (ou não!). Se o seu hotel tiver geladeira (o que é raridade por aqui), dá também para passar em um supermercado e comprar algumas coisas para preparar sanduíches, etc. Se economizar é prioridade, planejando beeem, você pode sim sobreviver gastando uma média de $20-$30 dólares por dia com comida se quiser, mas recomendo $50 em média! Não se esqueça que Nova York é uma cidade com milhares de opções gastronômicas (confira a aba de restaurantes que já apareceram no blog AQUI!), vale a pena se programar para comer em um restaurante bacana vez ou outra, faz parte da experiência!

 

2-O que não pode ficar de fora do roteiro?

Para a primeira vez em Nova York existem várias coisas clichês que não podem faltar e eu criei um TOP 15 de lugares que você pode ver AQUI. Se planejar toooda a viagem não é com você, recomendo muito conferir o roteiro pronto para até 9 dias em Nova York clicando AQUI!

E claro, se você quiser sempre dicas “menos turísticas” ou diferentes do roteiro tradicional é só acompanhar o blog ou meu instagram que sempre tem posts com dicas super legais! Ah! E para quem ama fotos, recomendo muito incluir um ensaio fotográfico pela cidade, para registrar seus dias em Nova York de um modo ainda mais especial e voltar com as memórias mais lindas na mala. Saiba mais sobre ensaios fotográficos feitos por mim em Nova York AQUI!  Vou adorar registrar sua viagem!

 

3-Tem wi-fi em todo lugar ou compensa comprar chip para o celular?

Tem wi-fi em alguns parques, estações de metrô, Mc Donald’s, Starbucks e restaurantes e lojas variados, mas dependendo da sua necessidade de utilizar a internet, vale pensar se um chip de celular é indispensável. Uma das empresas mais conhecidas e recomendadas é a easysim4u e a boa notícia é que leitores do blog tem 10% de desconto na compra! Clique AQUI para saber mais e já sair do Brasil com seu chip, sem se preocupar em comprar um por aqui na correria e eles tem assistência em português!

F64A4726-1024x682

 

4-Qual região é melhor para se hospedar?

Isso também é muito relativo! Apesar de talvez você sonhar em ficar hospedado no coração barulhento da Times Square, eu acho que isso não deve limitar a sua busca de maneira alguma, principalmente se sua intenção for economizar! É verdade que a região de midtown (onde está a Times Square por exemplo) fica no meio da ilha de Manhattan, então dá aquela sensação de estar bem centralizado mesmo. Mas Manhattan tem pontos turísticos em todos os cantos, do norte ao sul, além do Brooklyn, que não pode faltar no roteiro! Não existe muito uma regra de lugar melhor, na minha opinião estando perto de metrô perto e próximo a Manhattan, eu já considero ser bem localizado! Vai do bolso e da experiência que você quer ter! Alguns lugares legais para considerar são as regiões de Williamsburg e DUMBO, a versão nova-iorquina de lá é totalmente diferente e apaixonante! Outra área que tem crescido bastante no gosto popular é Long Island City e Astoria, no Queens, bem próximo a Manhattan, menos de 10 minutos de metrô. Tem várias opções de AirBnb por lá também! Para pesquisar e reservar hotéis, eu recomendo sempre o Booking.com (AQUI!), um dos sites de busca que é referência em todo o mundo. 

 

5-Qual show da Broadway ir? Vale a pena o investimento?

Sim, é possível comprar tickets com desconto! Falei mais sobre isso AQUI!  Mas escolher bem o espetáculo é muitas vezes tão importante quanto! Os shows variam em preço, mas uma média seria $32-$90 para cadeiras simples, muitas vezes sentando em lugares nada incríveis! Recomendar UM musical é difícil, porque tem vários imperdíveis! Saber se vale o investimento ou não, isso depende do tipo de entretenimento que você gosta, mas não dá pra negar que assistir a um show da Broadway em Nova York é  praticamente indispensável! As opções são muitas! Então minha dica é ver os musicais que estão em cartaz e analisar quais tem mais a ver com você! Vale também considerar seu nível de inglês, para quem só tem o básico, não adianta escolher um espetáculo como o Book of Mormon por exemplo. Dos mais “fáceis” e queridinhos dos Brasileiros, fica a dica para assistir  O Fantasma da Ópera, Aladdin e O Rei Leão.show-banner2

 

 

6-Como é o tempo em cada estação/Qual é a melhor época para visitar NY?

Aqui as estações são bem divididas MESMO e cada uma tem sua característica única e arrisco dizer que cada estação oferece uma cidade diferente pra quem mora ou vem visitar. Mas dei uma organizada nas idéias aqui e vou compartilhar um pouquinho de cada.

Inverno: 21 de Dezembro a 20 de Março

No inverno faz muito frio (algo entre -15 e 5 graus). Costuma ventar muito também e o dia escurece por volta de 4:30 da tarde. Ou seja, é preciso um planejamento maior para organizar o roteiro. Mas a vida segue normalmente por aqui mesmo com frio e muito vento. Se você quiser algumas dicas do que fazer no inverno em Nova York, clique AQUI e AQUI! Não neva sempre como muita gente acredita, então não planeje sua viagem contando que irá ver neve, porque é algo imprevisível!

Primavera: 20 de março a 21 de Junho

Bem no começo da primavera ainda costuma ser frio, com temperaturas entre 4 e 15 graus. Mas a partir da segunda quinzena de Abril a cidade vai perdendo aquela cara de inverno e começa a fazer um calorzinho leve, com temperaturas entre 10 e 20 graus de dia e um friozinho leve a noite e de manhã cedo. Vai esquentando bem mais quando chega Maio e Junho, com temperaturas oscilando entre 15 e 28 graus nesta época até o começo de Junho.

Verão: 21 de Junho a 22 de Setembro

No verão o calor costuma ser inteeeenso, com sensação térmica podendo chegar aos 40 graus fácil, com direito a muita umidade e aquela sensação de sauna constante! Mas a cidade fica cheia de atrações, shows e coisas legais pra fazer e com sorte tem uma brisa gostosa batendo ou alguns dias bem mais amenos.

Outono: 22 de setembro a 21 de Dezembro

Minha estação favorita, o clima é mais ameno no começo e vai esfriando aos poucos e a cidade fica um charme a parte. Quando o inverno vai se aproximando, as temperaturas podem cair bem, na casa dos 0-10 graus em média. Mas já aconteceu de termos as mesmas temperaturas em alguns dias de Outubro e Novembro, então o segredo é sempre verificar a previsão para os dias em que estará aqui.

Mas afinal, qual a melhor época pra vir?

Na minha opinião todas tem seu valor, mas se você quer clima mais ameno, recomendo a primavera, mais especificamente da metade de Maio até metade de Junho. E mais pro final do verão e começo de outono, no final de Setembro. Mas se deseja sentir um frio de leve, se apaixonar pela cidade colorida com as cores do Outono, daí recomendo vir a partir da segunda quinzena de Outubro até a primeira semana de Novembro. Agora, se sentir frio de verdade é com você, nada se iguala ao charme do Natal em NY,  que até o final de dezembro eu considero o clima frio “okay”, suportável e com muuuuita sorte pode até nevar. Mas com muuuuita sorte mesmo. Já em Janeiro e Fevereiro, as temperaturas caem muito mais e fazer passeios a pé e em locais abertos viram uma verdadeira tortura por conta do vento! Mas a cidade não pára e se agasalhando muito bem, dá tudo certo!

 

7- Dá pra se virar sem falar inglês?

Geralmente sim. Primeiro porque Nova York tem muuuuito turista brasileiro, sempre tem um por perto pra ajudar. E segundo porque aqui muita gente fala espanhol em lojas, restaurantes e hotéis, então dá pra pedir ajuda e tentar um embromation, geralmente funciona!

 

8-Qual o melhor lugar para fazer compras?

Além dos famosos outlets, existem “pólos comerciais”  onde você vai encontrar muitas opções de lojas bacanas em um só lugar como nas ruas 14, 23, 34, 42 e 59, próximo a 5a, 6a e 7a Avenidas. Todas tem muitas opções legais e são locais de fácil acesso ao metrô, já que várias estações se cruzam nelas! Mas já contei neste post AQUI onde são os melhores lugares para comprar, em qual outlet vale a pena ir e quais as minhas lojas preferidas para coisas mais específicas. Você pode ver mais também no meu guia de Nova York AQUI.

IMG_2422-1024x768

 

9-Qual o melhor jeito de  ir e vir dos aeroportos? Quanto custa cada um?

Sou super a favor de transporte público quando não se tem muitas malas pesadas e quando sobra disposição. No caso do JKF, existem várias maneiras de se locomover entre ele e a cidade: de metrô, de shuttle, de táxi, uber, de ônibus (especiais pra este trajeto), ou motorista particular.

Uma média de preços do shuttles e ônibus para ambos por pessoa é de $15-20. O lado ruim é que alguns vão deixando as pessoas de um em um, então pode demorar para chegar no seu destino final. Outros shuttles e ônibus pegam e deixam passageiros em um ponto central e de lá cada um se vira caminhando, pegando metrô ou táxi. Clique AQUI  para este serviço.

Táxi custa em media $55 por trecho (mais a gorjeta).Vai pegar um táxi? Se alguém no seu vôo estiver indo pro mesmo hotel ou bem perto, quem sabe vocês não dividem?

Motoristas particulares: Já os preços  de carros particulares variam muito, uma média de $80-120 por trecho. O legal é que eles esperam por você e seus acompanhantes no aeroporto, geralmente com uma plaquinha de identificação e te deixam na porta do hotel ou te pegam nele na hora marcada. Existem vários brasileiros que fazem este serviço, já falei de alguns neste link  AQUI! E é uma boa pra quem não fala inglês!

Já o metrô, eu só recomendo pra quem vem sem mala muito pesada e queira economizar MUITO. Mas pode ser uma verdadeira maratona se você não se preparar antes para entender o uso do metrô! É relativamente fácil e eu já expliquei como funciona neste post AQUI, mas dependendo da sua disposição, pode ser uma experiência ruim, já que o trajeto é um pouco longo, muitas vezes precisando trocar de metrô, subir escadas ou pegar elevador… e como a gente sempre chega aqui meio perdido na primeira vez, pode não ser a situação ideal. Mas se informando antes e sem pressa dá pra ir ou voltar gastando menos de $10 por trecho ($5 do ticket do air train, $2.75 do metrô normal e mais $1.00 da taxa do metrocard). Se seu vôo sai ou chega no La Guardia, tem táxis e estes serviços de shuttle disponíveis mas tem também ônibus urbano, que  conecta com alguma estação de metrô, como é o caso do M60. Falei com mais detalhes sobre como ir e voltar para os 3 aeroportos no meu guia de NY, clique AQUI para acessar!

Se seu vôo é do Newark International Airport, saiba que o trajeto de táxi para NY e vice-versa fica acima de $100. Mas além dos serviços de shuttle, tem também o NJ Transit, trem que liga o aeroporto a Penn Station de Manhattan e de lá saem várias linhas de metrô além de táxi na porta.  O trajeto de Newark para Manhattan dura 25 minutos e custa $12.50 por trecho e você pode ver os horários online ou nas máquinas e guichês na estação.

Se você pensa em usar Uber ou Lyft pela primeira vez aqui, use meus códigos para receber desconto: Uber: marthas188 e Lyft: MARTHA351616

 

10- Nova York é uma cidade perigosa?

Não acredito que exista um lugar no mundo que seja 100% seguro, porque pessoas com índoles ruins devem ter em qualquer canto. Mas se comparada ao Brasil, Nova York é quase um paraíso! Dizem que há 25 anos atrás mais ou menos, a cidade era bem diferente, mas uma boa administração resolveu muita coisa e a sensação de segurança na minha opinião é muito boa. O que você talvez vai ver muito por aqui é gente louca, mendigos e pedintes no metrô. Mas dá pra andar com celular, computador , tablets e câmera em praticamente qualquer lugar, principalmente se for local turístico, onde costuma ter mais gente e ser mais policiado! CLAAAAARO, prestar atenção ao seu redor, “não dar bobeira” facilitando ou andar sozinho por lugares desertos cheia de eletrônicos pendurados no pescoço as 2 da manhã não é recomendado em lugar nenhum, né?

 

11-Como economizar mais ainda em Nova York?

Souvenirs, restaurantes, serviços e tours?! Confira o post com 10 descontos imperdíveis para leitores do blog Ny & About clicando AQUI!

A maioria das fotos do post por mim haha Martha Sachser Photography!

Para mais dicas e fotos do dia-a-dia em Nova York, me siga no instagram! 

 

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário