Roteirosviagens

Roteiro pronto: 15 dias inesquecíveis na Califórnia!

01 jun, 2017 / por / 0 comentários

Como prometi pra vocês lá no meu instagram (@marthasachser) aqui está meu roteiro para a California! Acabei de voltar de San Francisco pela sexta vez e decidi que iria compartilhar todos os meus lugares preferidos de norte a sul do estado pra quem quer ter uma viagem inesquecível para este que é o meu lugar favorito nos Estados Unidos! O roteiro como sempre foi pensado para que você aproveite ao máximo em pouco tempo, mas se você tem mais dias, recomendo diminuir o ritmo, porque a Califórnia merece ser aproveitada com calma! Vale lembrar que algumas regiões do roteiro mudam de acordo com a estação do ano, então se for viajar no inverno, confira se alguns destinos e estradas foram afetados. E não deixe de me seguir nas redes sociais, meu instagram é @marthasachser  e @the50statesgirl, meu canal no Youtube é este AQUI e também estou sempre compartilhando minhas dicas de viagem por lá!

Roteiro pronto partindo de San Francisco passando por Napa Valley, Lake Tahoe, Yosemite,  Monterey, Carmel, Big Sur, Pismo Beach, Los Angeles e San Diego.

 

Primeiro Dia: San Francisco

Transporte: Como temos poucos dias em San Francisco, você pode seguir este roteiro ou optar por contratar aqueles ônibus hop on, hop off de um ou dois dias. A empresa BIG BUS oferece este serviço em San Francisco e acredito que seja uma boa opção, já que a cidade tem atrações bem longe umas das outras. Clique AQUI para saber mais!  Mas se você optar por alugar um carro, hoje você não precisará dele para todos os lugares que vamos visitar. Você pode fazer tudo isso e muito mais usando transporte público, táxi (uber) ou andando.

Se for a sua vibe, sugiro começar pelo Golden Gate Park, uma região super linda da cidade, onde além de toda natureza, tem opções para toda a família e um dia pra ver tudo pode ser pouco. Sugiro escolher o que mais te interessar no local pra visitar: lá você encontra o famoso Japanese Garden, um conservatório de flores, museu, academia de ciências, planetário, aquário e até bisons (búfalos). Saiba mais sobre o parque AQUI! As próximas paradas são Chinatown e Union Square seguido por um passeio de Cable Cars, um marco da cidade! Ah! Tente pegar o cable car que pare mais perto do Pier 39 para facilitar. De lá vamos para o animado Fisherman’s Wharf no Pier 39. Muitos restaurantes, lojas, arte e leões marinhos te esperam! Se tiver tempo e interesse, você pode também fazer um tour por Alcatraz.

Onde se hospedar: Hotels em San Francisco podem ser beeeem caros. Sempre que eu vou fico no Hostelling International, em quarto privado ou compartilhado e recomendo. Já fiquei nas 4 unidades deles e todas tem pontos positivos. A mais “fora de mão” é a a que fica em Marin Highlands, na região de Sausalito, justamente por ser fora de San Francisco.

 

Segundo Dia: San Francisco, Sausalito e arredores

Vamos começar dirigindo pela rua em zig-zag mais famosa do mundo, a Lombard Street (foto acima no topo no lado esquerdo. Coloque seu GPS  o endereço 1099 Lombard Street). De lá seguimos para a Alamo Square (se você for fã de Full House como eu, precisa tirar uma foto por lá!) e depois para o Twin Peaks, um mirante incrível da cidade, mas vá apenas se o céu não tiver muita neblina. De lá faça uma parada no Palace of Fine Arts (obrigada pela dica Bruna) e depois siga para Baker’s Beach, para uma foto com a ponte de fundo. Costuma ventar muuuito por lá. Termine o tour na incrível ponte Golden Gate. Tem um mirante em cada entrada e saída da ponte. Recomendo atravessar e parar o carro no estacionamento do lado direito, assim que a ponte termina. De lá você pode fotografar no local mesmo ou atravessar a ponte andando por baixo e subir andando para este mirante da foto abaixo. Dá pra dirigir pra mais perto dele também, pegando a última saída antes da ponte começar, na direção de Sausalito para San Francisco.

Isso tudo deve tomar metade do dia, então recomendo depois seguir para Sausalito e passar a tarde pela na cidade. Estacione na região de Sausalito Ferry Station, onde a maioria dos restaurantes e lojas estão. Existem muitas opções de bares e ótimos restaurantes por lá, mas o meu preferido é o Bar Bocce, na beira da água, com direito até a colocar o pé na areia! A vista é linda e a vibe é bem local, vale a pena parar por lá para alguns drinks e comer algo! DICA EXTRA: Se não estiver seguindo o roteiro a risca, uma coisa legal de se fazer é explorar SF de bike! Você pode alugar uma bicicleta por lá e atravessar a ponte Golden Gate até Sausalito! De lá você pode pegar uma balsa para o Fisherman’s Wharf em San Francisco depois. Com ou sem bike, o passeio é lindo e cada ticket custa cerca de $12!

De lá, uma parada em Tiburon (abaixo), uma cidadezinha próxima a Sausalito com uma vista linda para San Francisco. Também bem servida de restaurantes, se não tiver jantado ainda, recomendo algumas das opções da Main Street. Existe também um balanço com vista pra cidade, tente encontrar pelo GPS colocando Hippie tree ou este endereço 120 Gilmartin Drive, Tiburon, CA. É uma caminhadinha leve até o balanço e a vista vale super a pena! Se tiver mais tempo, vá até Angel Island, fica a 10 minutos de balsa de Tiburon!

Agora vamos terminar o dia em Mill Valley, uma outra cidadezinha que eu adoro por lá e perto de outros lugares que vamos explorar no terceiro dia. Recomendo se hospedar no Mill Valley Inn, um hotel boutique incrível localizado no centrinho de tudo. Os quartos são super confortáveis, tem uma vibe meio romântica e fará a sua passagem por lá ser ainda melhor. Eu amei a experiência e recomendo! Fica no endereço 165 Throckmorton Avenue | Mill Valley, CA.

 

Terceiro Dia: Point Reyes, Stinson Beach e Muir Woods

Hoje é dia de explorar a linda costa da Califórnia ao norte de SF e com sorte avistarmos algumas baleias. Existem vários pontos legais pra conhecer mas vamos focar em 3: a Stinson Beach, o Point Reyes e o Muir Woods National Monument. As paisagens são lindas e você pode optar por fazer trilhas também. No hotel eles nos deram várias dicas! Não deixe de parar em um Whole Foods ou outro supermercado local e comprar lanches para levar no dia de hoje, que vai ser cheio de aventuras. Abasteça também o carro e leve água e um agasalho, pode ser que faça bastante frio e vente muito. Recomendo começar o dia cedo seguindo direto para Point Reyes National Seashore (saiba mais AQUI), por ser um destino popular para avistar baleias, pode ser mais difícil encontrar estacionamento em algumas épocas do ano se chegar muito tarde. Tem paisagens lindas por lá, é possível também ver leões marinhos e chegar na lighthouse (farol). De lá, siga para Stinson Beach (leia mais AQUI), uma praia bem bonita e com uma vibe bem local. Rende fotos lindas! De lá, recomendo passar no Muir Woods National Monument (saiba mais AQUI). Depois de muitas aventuras e paisagens lindas, retornamos para Mill Valley no final do dia para jantar ou ir assistir a um filme no cinema da cidade e ter uma experiência mais local.

Images credit: Point Reyes (Wikipedia). Stinson Beach ( Mark Doliner)

 

 

Quarto Dia: Napa Valley e Lake Tahoe

Vamos sair hoje com destino ao incrível Lake Tahoe, mas vou sugerir um detour antes e passar por Napa Valley, que fica a pouco mais de uma hora de Mill Valley. Essa região famosa por suas vinícolas tem paisagens lindas e vale a pena conhecer. Um dos lugares que adorei por lá foi o Castello di Amorosa, onde você pode fazer o tour pela propriedade e degustar vinhos. O castelo é lindo, vale a visita. Veja mais sobre a nossa experiência AQUI!  Ele fica no endereço 4045 Helena Highway, Calistoga, CA.

Agora seguimos em direção ao incrível Lake Tahoe, um destino imperdível o ano todo! Por ser uma estação de esqui e nevar bastante no inverno, confira se as rodovias estão abertas e se seu carro é apropriado para dirigir na neve. A viagem de Napa Valley até o Lake Tahoe leva cerca de 4 horas, então recomendo sair cedo. Chegando em Lake Tahoe aproveite para andar pela cidade, jantar, conhecer os cassinos e explorar as lojas e vida local. Se você gosta de atividades aquáticas, sugiro reservar alguns tours antes, encontrei alguns passeios de barco bacanas neste link AQUI! 

Onde se hospedar: quando eu fui fiquei no America’s Best Value Inn mas opções por lá não faltam, desde cabanas até hotéis 5 estrelas. Falei tudo sobre minha experiência no Lake Tahoe neste post  AQUI! 

 

Quinto dia:  Lake Tahoe

No dia seguinte, saia cedo para percorrer o lago de carro, viagem que leva cerca de duas horas. Vá parando, existem vários pontos para tirar foto e cidadezinhas pelo caminho. Confira meu roteiro para o Lake Tahoe AQUI! Quando terminar você pode voltar para a cidade de  South Lake Tahoe ou seguir viagem para nosso próximo destino se seu tempo for limitado. 

 

Sexto Dia:  Yosemite National Park

Hoje é dia de parque nacional! A viagem do Lake Tahoe pra lá é longa, cerca de 5 horas,  então garanta uma boa noite de sono. Se prepare para vistas de tirar o fôlego em um dos parque mais incríveis dos EUA! O valor da entrada para o parque é de U$30 por carro e é válido por até 7 dias.

Onde se hospedar: no Yosemite você tem a opção de acampar, alugar uma cabana, tentar vaga no charmoso Majestic Yosemite Hotel ou outras opções de acomodação que eles oferecem. Saiba mais AQUIEu sempre acabo ficando no Yosemite Bug Rustic Mountain Resort, hostel da rede Hostelling International, localizado a cerca de 40 minutos do centro do parque. Eles oferecem além de dormitórios compartilhados algumas cabanas privadas super confortáveis. O hostel é super descolado, cheio de atividades o ano todo e um restaurante bem legal. Internet e sinal de celular são uma incógnita, nem sempre funciona por lá.

 

Sétimo Dia: Yosemite National Park

Um dia é muito pouco para ver o melhor do parque, então sugiro explorar um dia a mais, planejar quais trilhas quer fazer e os principais pontos para visitar no parque. Recomendo muito ver as gigantes sequoias, no mariposa grove. Saiba mais sobre o Yosemite neste post AQUI! 

 

Oitavo Dia: Monterey

Vamos sair cedo do Yosemite e pegar estrada mais uma vez! A viagem do Yosemite Hostel até Monterey dura em média 3 horas. Nosso destino é Monterey, uma das cidades mais lindas da região de SF. Ao chegar lá, pare o carro ena região de Connery Row, um ponto histórico da região famoso por ser um dia uma ativa indústria de sardinhas.

Ande por lá e conheça a região, são vários restaurantes, lojas e galerias para explorar. De lá siga para Lover’s Point, tem uma vista linda da costa, com algumas pedras que renderão ótimas fotos! Recomendo almoçar ou lanchar no Beach House, com uma vista linda pro mar. Eles servem açaí também, super recomendo! Se tiver mais tempo, vale visitar o famoso aquário de Monterey e o Fisherman’s Wharf.

Onde se hospedar: Em Monterey nos hospedamos no Portola Hotel & Spa, um hotel incrível super bem localizado no centro de tudo, com quartos super confortáveis. A experiência foi muito bacana, compartilhei mais neste post AQUI. No hotel tem um restaurante que oferece buffet all-you-can-eat no café da manhã e foi maravilhoso.

 

Nono Dia: Carmel e Big Sur

De Monterey você pode ir para Carmel pela Pebble Beach e a lindíssima 17 mile drive ($10 por carro) ou você pode ir por dentro direto se preferir economizar os U$10 e não ver as paisagens. Neste caso coloque no GPS Carmel-by-the-sea, pare o carro na beira da praia, se perca pelas charmosas ruas em downtown e se possível, almoce na cidade. Não sou uma expert em restaurantes na região mas recomendo o Village Corner Mediterranean Bistro, Dolores St & 6th Ave, Carmel-By-The-Sea, CA. Mas confira aplicativos como Yelp para lhe ajudar a escolher algum outro restaurante por lá se desejar.

De Carmel agora é seguir em direção ao incrível Big Sur. Como a estrada estava interditada para obras quando fui desta última vez, dirigimos apenas até o  River Inn, um hotel e restaurante charmoso na estrada, com um riozinho na parte de trás onde você pode sentar (literalmente) e curtir o dia. Lá também tem uma loja de conveniência e um posto de gasolina. Você pode optar por se hospedar por lá ou voltar no mesmo dia para Monterey, que foi o que eu fiz, porque como eu disse, a estrada do Big Sur estava fechada, então em menos de 3 horas vimos tudo no trajeto de Carmel pra lá.

Se a estrada estiver aberta (a partir do final de Setembro de 2017) e você desejar, sugiro então seguir em direção a Los Angeles, parando em San Luis Obispo ou Pismo Beach para jantar e dormir! Abaixo: O rio do River Inn e um pouco de Pismo Beach, uma cidade de praia linda e bem a cara da Califórnia!

 

Dias 10-15: Los Angeles e San Diego

Daqui pra frente, caso você tenha disponibilidade, recomendo 5 dias na região de Los Angeles, e sim, tenho um roteiro pronto para 5 dias incríveis na cidade (clique AQUI para ver)! Não coloquei no roteiro mas fique a vontade para incluir Santa Barbara e Ventura no trajeto do Big Sur para LA e Laguna Beach no caminho de Los Angeles até San Diego.

Ufa! Então é isso, espero muito que tenha sido útil este post! Tem muito mais pra se ver na Califórnia mas estes são sem dúvida os lugares que mais me marcaram e que recomendo pra todo mundo conhecer! Idealmente este roteiro poderia durar mais de 20 dias, mas com planejamento e disposição, você consegue enxugar bastante, modificar atrações que não tem interesse em ver e montar seu próprio roteiro. Se você gostou, não deixe de compartilhar este post com quem você sabe que ama a Califórnia também! E não deixe de me seguir nas redes sociais, meu instagram é @marthasachser  e @the50statesgirl, meu canal no Youtube é este AQUI e também estou sempre compartilhando minhas dicas de viagem por lá!

 

 

Veja também esses relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário